Copacabana: 10 motivos para amar o bairro mais famoso do Rio de Janeiro

Escrito por Marta Stegani

Quem conhece Copacabana, um dos bairros mais queridinhos do Rio de Janeiro, se apaixona. Além da praia, eternizada na bossa nova, o desenho de seu calçadão é famoso no mundo inteiro. A Princesinha do Mar, como é carinhosamente chamada, também é palco de uma das maiores festas de Ano Novo do mundo!

Quer saber o que cativou o poeta Carlos Drummond de Andrade e tantos outros? Veja neste guia os programas para aproveitar tudo o que Copacabana tem a oferecer!

Mapa de Copacabana

Copacabana é um bairro da Zona Sul do Rio de Janeiro e faz divisa com os bairros da Lagoa, Ipanema, Botafogo, Leme e Humaitá. É lá que acontece uma das maiores festas de Ano Novo do mundo e é onde está localizado o famoso hotel Copacabana Palace.

Copacabana: o que fazer

Além de conhecer e dar bons mergulhos na praia – o passeio mais imperdível de quem vai ao Rio de Janeiro – há outras opções de lazer bem cariocas.

  1. Dar um mergulho na Praia de Copacabana

BELMOND COPACABANA PALACE

A Praia de Copacabana é, sem dúvida, o principal atrativo do bairro. É uma das praias mais famosas da cidade, tanto é que sua beleza foi cantada na voz de Tom Jobim. Além do mar verdinho e de águas geladas e refrescantes, oferece ao visitante infraestrutura completa, com quiosques, restaurantes e patrulhamento para garantir a segurança. Por ser um local turístico, aos finais de semana e feriados cada espaço de areia é disputado, mas nem por isso atrapalha o prazer de relaxar ali sob o escaldante sol carioca.

  1. Caminhar pelo famoso calçadão da Avenida Atlântica

MONALISA BRITTO

O calçadão de Copacabana é um dos símbolos do bairro e também da cidade. É só bater o olho no curvilíneo traçado preto e branco que o Rio de Janeiro vem à mente. Tenha a experiência de começar ou terminar o dia com uma caminhada, tomar uma água de coco nos quiosques ao redor e apreciar a vista para o Pão de Açúcar. São 4,5 km de extensão e puro charme!

  1. Pedalar pela ciclovia

MARIA LUÍSA MASSAD

A bicicleta é um dos meios de transporte favoritos dos cariocas e também uma das melhores formas de conhecer o bairro. Através do sistema Bike Rio os turistas podem alugar aquelas bicicletas laranjinhas, que você vê por toda a cidade, e sair pedalando por aí. Somente na Avenida Atlântica são cinco pontos para aluguel e os preços são bem camaradas, com planos a partir de R$ 5.

  1. Tirar uma foto com a estátua de Carlos Drummond de Andrade

RODRIGO CAMPANARIO

Na altura do Posto 6 está Carlos Drummond de Andrade, sentado e contemplativo. A estátua foi feita em bronze e instalada ali como homenagem ao centenário de nascimento do escritor. É comum ver uma fila de turistas curiosos para se sentar, imaginar como seria bater um papo com ele e, claro, registrar a icônica foto. Capriche na pose!

  1. Admirar o Copacabana Palace

BELMOND COPACABANA PALACE

Se hospedar no famoso hotel das celebridades ainda não cabe no seu orçamento? Não tem problema! Você pode admirar o imponente edifício e ostentar para os amigos tirando uma foto ali. Localizado de frente para a praia, o Copacabana Palace tem quase um século de existência e é um dos hotéis mais importantes e luxuosos do Brasil. Olha só quem já passou por lá: Paul McCartney. Madonna, Lady Di, Brigitte Bardot e muitos outros! Não custa nada sonhar, né?

  1. Visitar o Forte de Copacabana

JAMYANG Z

Caminhando até o fim da praia você chega ao Forte de Copacabana, que abriga o Museu Histórico do Exército. A edificação foi erguida no final do século XIX como sistema defensivo do Rio de Janeiro e como porto e foi palco de importantes eventos que marcaram a história.

Lá você pode conhecer a fortificação por dentro, ver de perto canhões alemães, o alojamento dos oficiais e toda sua estrutura, além de exposições que contam a história do Brasil pela ótica militar. Do lado de fora se tem uma vista incrível de toda a praia de Copacabana!

  1. Fazer uma boquinha na Confeitaria Colombo

RUSSO

A Confeitaria Colombo, patrimônio do Rio de Janeiro, também tem uma unidade em Copacabana que é tão imperdível quanto sua matriz, com seus inesquecíveis salões centenários. Ela funciona no Forte de Copacabana e você tem acesso a ela com o mesmo ingresso que utilizou para entrar no museu. O charme está em se sentar nas mesinhas do lado de fora – mesmo que a espera seja maior – e tomar seu café olhando para a imensidão da praia.

  1. Tomar uma cerveja nos tradicionais botecos cariocas

PIRAJÁ

 

O calor do Rio de Janeiro é sempre um convite para uma cerveja gelada. Um dos programas mais cariocas é se sentar na mesa de um bar, beber, petiscar e jogar conversa fora depois da praia. Por isso, guarde esses nomes: o clássico Boteco Belmonte, que serve as tradicionais empadas abertas, e o Bar Pavão Azul, um pé sujo com mais de 50 anos de história, considerado patrimônio cultural da cidade e que tem como carro chefe as famosas pataniscas de bacalhau, herança lusitana em Copacabana.

  1. Comprar lembrancinhas na Feira Artesanal de Copacabana

Todo turista gosta de levar para casa lembrancinhas para os amigos e enfeites para a casa, certo? E o melhor lugar para encontrar esses produtos é na feira noturna que existe desde os anos 80 no calçadão da praia. São mais de 150 expositores que vendem esculturas, pinturas, camisetas, objetos de decoração e mais uma variedade de coisas. A feirinha funciona a partir das 18h e vai até a 0h.

  1. Passar o Réveillon em Copacabana

CARIOQUE-SE.

Passar o Réveillon em Copacabana é aquela experiência que você precisa ter pelo menos uma vez na vida. A cada ano que passa o espetáculo fica maior – tanto na quantia de fogos de artifício, quanto no número de espectadores – e não à toa é considerado o maior do mundo. Todos os anos as areias da praia são tomadas por milhões de pessoas que assistem ao show de fogos coloridos que iluminam o céu e a apresentação de artistas famosos no grande palco. Programe-se para conhecer e sentir de perto essa emoção.

Deixe um comentário

Por favor digite o seu comentário
Por favor digite seu nome