Os vários tipos de feijoada ao redor do mundo em receitas incríveis e bem diferentes da nossa

Temos orgulho da nossa feijoada e não é para menos. Se um amigo estrangeiro quiser conhecer algo realmente especial da culinária brasileira, vamos logo sugerir que prove esse prato rico, cheio de substância e muito sabor.

Mas a ideia de cozinhar feijão com carnes, verduras, legumes, tubérculos e outros ingredientes é mais antiga do que normalmente imaginamos.

Reunimos feijoadas de outras culturas, para você se inspirar e, quem sabe, poder fazer.

Bom apetite!

Feijoadas à portuguesa

© nataliamylova / Depositphotos

Vários historiadores da gastronomia brasileira concordam que a origem da nossa feijoada é portuguesa. Na terra de nossos descobridores, há receitas diferentes, típicas de cada região.

Na feijoada trasmontana , usa-se pé, orelha e focinho de porco defumados, bem como o feijão vermelho (ou encarnado, como se diz lá). Linguiças feitas com carne e com sangue (morcela) são bem aceitas. Vegetais como couve e cenoura também podem entrar na composição.

Ingredientes:
Modo de preparo
  1. Para preparar esta receita, demolhe o feijão em água de um dia para o outro. No dia, coza-o em água temperada com sal. À parte, coza o entrecosto, o chispe, o toucinho e os chouriços num tacho com água e uma das cebolas descascadas e cortadas em pedaços. Vá retirando as carnes conforme forem ficando cozinhadas.

  2. Descasque a restante cebola e o alho, pique-os, deite-os para um tacho, junte o louro e o azeite, leve ao lume e deixe refogar até a cebola ficar macia. Adicione o vinho branco, o tomate picado, as cenouras descascadas e cortadas em rodelas, os chouriços também cortados em rodelas e ainda a couve em pedaços. Deixe cozinhar 5 minutos.

  3. Acrescente depois o feijão com um pouco do caldo da cozedura e todas as carnes cortadas em pedaços, retifique o sal, tempere com pimenta, tape e deixe cozinhar até apurar. Depois sirva de imediato.

É comum preparar a feijoada alentejana com feijão branco, carne de vaca, chouriços, alho, cebola, cenoura e couve.

Na região do Porto, fazem sucesso as tripas à moda do porto, com feijão branco, tripas de vitela, toucinho, chouriço de carne e muitos temperos.

feijoada poveira, da região de Póvoa de Varzim, aceita a mistura de carnes de porco e de boi.

Cassoulet (França)

cassoulet é uma feijoada típica da região de Languedoc-Roussillon, sul da França. É perfeita para os meses mais frios do ano. Tem feijão branco e as carnes podem variar de acordo com a disponibilidade: ganso, pato, porco, linguiças, perdiz ou cordeiro.

O cassoulet servido com uma perna de pato, gratinado numa terrina de barro, costuma fazer bastante sucesso nos restaurantes franceses.

Ingredientes:
  • 500 g de feijão branco grande (feijão cavalo)

  • 2 dentes de alho

  • 150 g de bacon

  • 200 g de calabresa fatiada

  • 250 g de carne de porco (pode ser carré ou pernil)

  • 250 g peito de frango ou coxinha da asa

  • 60 g de banha de porco

  • 2 cebolas

  • 1 maço de cheiro verde

  • 2 folhas de louro

  • 3 tomates sem sementes picados

  • 1 latinha pequena de molho de tomate

  • Sal

  • Pimenta

  • Tomilho

  • Pão francês ralado (feito farinha de pão meio grossa)

  • Bolinhas de manteiga

Modo de preparo
  1. Coloque o feijão de molho de um dia para o outro.

  2. No dia seguinte, leve-o para cozinhar em uma panela de pressão com os dentes de alho esmagados, o bacon e a calabresa picados, por cerca de 30 minutos.

  3. Corte a carne de porco e a de frango em cubos, salteie-os em gordura quente, em uma frigideira, com a cebola picadinha, as folhas de louro e o cheiro verde.

  4. Junte tudo ao feijão e despeje, misturando os tomates picadinho e os demais temperos.

  5. Tampe a panela de pressão novamente e deixe cozinhar em fogo moderado, por mais uns 30 minutos.

  6. Depois deixe sair toda a pressão e abra a panela.

  7. Disponha o cassoulet em uma assadeira ou refratário.

  8. Polvilhe com o pão ralado e espalhe por cima as bolinhas de manteiga.

  9. Gratine por 10 minutos no forno.

  10. Em seguida, revolva muito bem, polvilhe novamente com pão ralado, espalhe mais bolinhas de manteiga e gratine outra vez.

  11. Repita este processo uma terceira vez.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

  • Dica: O cassoulet pode ser servido com arroz branco e salada verde ou maionese.

Feijoada Espanhola Fabada Asturiana

© Jorge Sanz / Wikimedia Commons

 Receita de Feijoada Espanhola Fabada Asturiana, aprenda como fazer esse que é um prato tradicional da região das Astúrias, na Espanha. Ao contrário do que o nome pode sugerir, trata-se de um prato preparado com feijão branco seco (Phaseolus vulgaris) e não com favas. Feijoada Espanhola Fabada Asturiana, Rendimento de 04 porções, Preparo em 15 minutos e Cozimento em 30 minutos.

Ingredientes
  • 700gramas de feijão branco seco

  • 01chouriço de carne

  • ½chouriço preto

  • 200gramas de bacon

  • 01cebola

  • 01folha de louro

  • 01dente de alho

  • 02 tomates frescos

  • 02cenouras médias

  • 01copo de vinho branco

  • 500ml de água

  • 01tablete de caldo de carne

  • Piripiri a gosto

Modo de preparo
  1. Corte o chouriço preto em rodelas.

  2. Coloque em uma panela e leve ao fogo durante uns cinco minutos para libertar a gordura.

  3. Junte a cebola, o alho picadinhos, o pirirpiri e a folha de louro.

  4. Deixe refogar até a cebola ficar dourada.

  5. Junte o chouriço de carne em rodelas, o bacon e o tomate picado sem pele e sementes.

  6. Deixe apurar durante 5 a 10 minutos.

  7. Junte ao preparado as cenouras cortadas em rodelas, o feijão, o caldo de carne e a água

  8. Perfume com coentros e segurelha e deixe cozinhar até que o feijão fique macio

Observações
Fabada asturiana ou também apenas fabada, é um prato tradicional da região das Astúrias, na Espanha. Ao contrário do que o nome pode sugerir, trata-se de um prato preparado com feijão branco seco (Phaseolus vulgaris) e não com favas.
Os feijões são colocados de molho na véspera da preparação. São cozinhados em lume brando durante duas a três horas, com uma cebola inteira, que é retirada pouco depois do início da cozedura. O tempero inclui pimentão, açafrão e azeite. No fim, juntam-se diversas carnes de porco fumadas e cruas que, no seu conjunto, são conhecidas como compango. O compango é normalmente constituído por toucinho, chouriço, morcela, orelha e rabo. O caldo deve ficar bem apurado, apresentando uma tonalidade alaranjada.
De acordo com a tradição popular, é um prato que sabe melhor no dia seguinte a ter sido preparado. É normalmente servido num prato ou numa caçarola de barro, com as carnes servidas à parte. Alguns dos apreciadores deste prato defendem que deve ser consumido com sidra, outros argumentam que é melhor com cerveja, havendo também quem prefira o vinho.
É um prato de tal forma popular que é possível encontrar versões enlatadas ou embaladas na maior parte dos supermercados espanhóis. É considerado um prato de Inverno, devendo ser consumido ao almoço,[1] dado tratar-se de uma iguaria farta e pesada.

Cholent (Israel)

cholent (ou tcholent) é um prato caudaloso e muito substancioso cozinhado lentamente pelas mães judias em grossas panelas de ferro. Fica no forno, em fogo mínimo, da sexta-feira para o sábado, quando é servido no almoço.

Um cholent típico pode misturar feijões (branco e fradinho, por exemplo) e tem carne de peito de boi, batatas, cenoura, cevada. Os ovos são colocados inteiros para cozer, com casca, e assimilam todos os sabores da receita depois do longo tempo de preparo.

Ingredientes:

250 g de feijão fradinho
250 g de feijão branco
2 colheres de sopa de óleo de girassol
1 kg de peito de boi (ou capa de filé sem gordura)
sal grosso e pimenta do reino em grão moída na hora
6 dentes de alho amassado
2 cebolas picadas
1 colher de sopa de páprica doce
3 pedaços de osso com tutano (opcional)
2 xícaras de tomate sem pele e sementes, picado
½ xícara de cevada
5 batatas amarelas descascadas e cortadas em 4
4 ovos inteiros
2 cenouras cortadas em rodelas grossas

Modo de preparo

Coloque os feijão em uma panela e cubra com água. Cozinhe por um minuto. Retire alguma coisa que subir à superfície, drene e separe.
Pré-aqueça o forno a 160 graus. Aqueça o óleo em uma panela 100% metálica de 2 litros em fogo médio. Tempere a carne com sal e pimenta e doure os dois lados na panela por uns 10 minutos. Retire da panela e coloque-o em um prato.
Coloque agora a cebola, alho e páprica na panela e refogue até que a cebola fique macia (uns 10 minutos). Junte os feijões, a carne, os ossos com tutano, tomates, cevada, os ovos na casca e as cenouras. Cubra com 8 xícaras de água, acerte sal e pimenta e espere ferver. Tampe a panela e leve tudo ao forno quente. Cozinhe no forno por umas duas horas e pouco até que a carne fique macia.
Para servir, tire a carne da panela. Corte em fatias e divida em 6 cumbucas individuais. Descasque os ovos, pique e faça o mesmo. Por cima, divida todo o conteúdo da panela. Enfeite com salsinha picada.

Serve de 6 a 8 pessoas

Ghormeh sbazi (Irã)

A base do ghormeh sbazi, a feijoada iraniana, é um refogado com muitas ervas: salsa, alho-poró, cebolinha, coentro e feno-grego. Essa mistura de verdes pode variar de acordo com a disponibilidade de ingredientes ou o gosto dos convidados (tem sempre alguém que não tolera coentro).

O refogado então é cozido com feijão vermelho, cebola, limões desidratados e carne de boi ou de cordeiro temperada com cúrcuma. Pela quantidade de ingredientes aromáticos, é de se esperar um prato bem cheiroso, servido com arroz, verduras e legumes picados.

Ingredientes:

.750 g de cordeiro desossado (carne)
.1 cebola grande picada bem fininha
.1/3 de xícara (chá) de óleo de girassol
.1 colher (chá) de açafrão da terra ou cúrcuma
.5 xícaras (chá) de água
.1/2 xícara (chá) de limão seco (ou suco de limão)
.1 xícara (chá) de feijão vermelho
.Sal a gosto
.Pimenta-do-reino a gosto
.1/5 de xícara (chá) de espinafre bem picado
.1/2 xícara (chá) de salsinha bem picada
.1/4 de xícara (chá) de cebolinha bem picada
.1/4 de xícara (chá) de coentro bem picado

Modo de preparo

1. Lave bem a carne, cortada em cubos de 2 cm.
2. Numa panela, ponha um fio de óleo e refogue a cebola. Adicione a cúrcuma e refogue por alguns minutos.
3. Aumente o fogo, acrescente os cubos da carne e mexa até a carne mudar de cor.
4. Reduza o fogo, e adicione a água, o feijão vermelho, o sal e a pimenta-do-reino.
5. Tampe e cozinhe até que a carne esteja macia (1 hora pelo menos).
6. Acrescente as verduras preparadas na frigideira.
7. Junte o limão.
8. Tampe a panela e deixe cozinhar por mais 10–15 minutos.
9. Ajuste o tempero e sirva com arroz branco com açafrão da terra.

Cachupa (Cabo Verde)

© lenyvavsha / Depositphotos

 Os colonizadores portugueses também levaram a feijoada a Cabo Verde, país insular formado por dez ilhas. Lá nasceu a cachupa, que pode ser rica (com vários tipos de carnes, misturando porco, linguiças, boi e frango) ou pobre (com peixe). Além do feijão, normalmente branco, o milho cozido é adicionado ao guisado.

A cachupa pode ser servida com caldo ou seca, refogada numa frigideira. Os acompanhamentos vegetais são variados: couve, repolho, batata doce, batata, abóbora, banana e o que mais houver de bom na quitanda. As receitas variam muito de acordo com as tradições de cada família.

Em Moçambique, outro país africano colonizado por portugueses, a feijoada à moda do ibo mistura carne de frango com camarões.

Ingredientes:
  • 4 xícaras de milho batido

  • 200 g de feijão

  • 200 g de carne bovina

  • 300 g de pés de porco

  • 200 g de bacon

  • 2 batatas grandes

  • 4 chouriços

  • 2 mandiocas

  • 2 batatas doces

  • 200 g de couve

  • 2 cebolas

  • 2 folhas de louro

  • 2 dentes de alho

  • Azeite a gosto

  • Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo
  1. Coloque em uma panela a carne em pedaços, o bacon, um pé de porco, os chouriços, pimenta, sal ou caldo de carne.

  2. Na panela de pressão ferva durante 30 minutos os grãos de milho e os feijões, cobertos com água, 1 cebola, 1 fio de azeite, 1 folha de louro e sal.

  3. Depois, em uma panela maior, coloque os feijões com o milho, cubra com água e leve ao fogo para ferver.

  4. Acrescente a carne marinada.

  5. Quando tudo estiver quase cozido, acrescente as batatas e a couve.

  6. Terminado o cozimento, deixe repousar por alguns minutos e está pronto para ser servido.

  7. A cachupa deve ficar um pouco líquida.

Frijoles rancheros (México e Colômbia)

Os frijoles rancheros (também conhecidos como frijoles charros) são mexicanos, mas tornaram-se muito populares também na Colômbia. Como em quase todos os casos, é um tipo de feijoada que permite muitas variações.

Basicamente, a receita leva feijão fradinho, mas são aceitas as versões com feijão branco ou vermelho. As carnes são toucinho, presunto e linguiça — há quem também use salsicha. A preparação costuma ter bastante caldo.

Cebola, tomate e coentro fazem parte dos temperos. Algumas pessoas não dispensam a adição de uma boa pimenta mexicana, especialmente a do tipo jalapeño.

Nos Estados Unidos, o prato é comum em estados de tradição rural, como o Texas, onde ganhou o apelido de cowboy beans (feijão do caubói). Normalmente, é feito com carne moída. A versão mais simples, preparada apenas com salsicha, é comum nos lares texanos.

Para essa receita vamos precisar de feijão cozido, banha de porco e toucinho de porco sem pele. Comprar o torresmo pronto é uma opção, porém o melhor mesmo é prepará-lo em casa e de quebra conseguir uma banha de porco fresquinha. Para isso retire a pele da barriga de porco ou toucinho e corte-a em cubos de 1cm. Depois é só fritar em fogo bem baixo durante mais ou menos 50 minutos.

Ingredientes
  • 1kg de feijão cozido

  • 1/2 xícara de banha de porco

  • 200g de queijo prato

  • 1 cebola pequena

  • 10 dentes de alho

  • 1 colher de café de cominho em pó

  • 1 colher de café de chilli em pó

  • 1 colher de sopa de sal

  • 1 xícara de torresmo sem pele

  • 2 colheres de óleo de milho

Modo de Preparo

Passo 1

Corte a cebola e o alho grosseiramente (depois bateremos tudo) e refogue-os no óleo de milho. Assim que estiverem começando a dourar adicione a banha e aumente o fogo ao máximo, espere começar a formar espuma.

Passo 2

Coloque o feijão já cozido para refogar na banha de porco, ela deve estar bem quente. Mexa por 1 minuto e então desligue o fogo.

Passo 3

Agora é hora de bater o feijão. Se for usar um liquidificar ou processador de alimentos deixe esfriar durante 10 minutos. Caso esteja usando um mexer não é necessário esperar esfriar.
Bata até que não exista mais nenhum pedaço ou casca de feijão.

Passo 4

Depois de batido tempere com o chili em pó, o cominho e o sal. Ligue o fogo (baixo) novamente e deixe cozinhar até que fique bem grosso, isso deve demorar cerca de 20 minutos. Quando estiver no ponto desejado desligue o fogo e acrescente o queijo prato ralado.

Passo 5

Por fim adicione o torresmo sem pele, mexa e sirva em seguida.

Feijoada de frutos do mar (Brasil e Portugal)

O Brasil tem outra receita de feijoada, popular no litoral de Santa Catarina, onde há abundância de pescados e frutos do mar. Sua origem também é de Portugal, onde é chamada de feijoada de mariscos.

Lula, polvo, lagosta, camarões, mariscos e postas de peixe são ingredientes comuns no preparo da feijoada de frutos do mar. O feijão é branco e os temperos incluem louro, coentro, salsa, cebolinha, cebola, tomate, pimenta e pimentão. Uma boa dose de vinho branco seco também entra na receita.

Nos últimos tempos, este prato tão rico tem ultrapassado os limites catarinenses. Hoje é comum encontrá-lo no cardápio de restaurantes de outras cidades de praia, como o Rio de Janeiro.

Ingredientes:

1 kg de feijão branco

1/2 kg de lulas cortadas em rodelas

1 kg de cação em postas

1 kg de mariscos

1 kg de camarões médios

1 kg de mexilhões

suco de 1 limão

sal e pimenta-do-reino a gosto

2 colheres (sopa) de azeite de dendê

1 garrafinha de leite de coco

2 cebolas

3 dentes de alho

1 pimentão vermelho

3 tomates sem pele e sem semente

manjericão fresco picado a gosto

Modo de preparo

O primeiro passo para fazer qualquer receita com feijão é lavá-lo bem. Deixe-o de molho de um dia para outro. No dia seguinte, escorra o feijão e cozinhe-o na panela de pressão até ficar bem macio.

Enquanto isso, use o suco de limão, o sal e a pimenta-do-reino para temperar o peixe. Depois, lave os mariscos e mexilhões com bastante água.

Coloque os mariscos e os mexilhões em uma panela grande, sem água, e deixe em fogo baixo por cerca de 20 minutos. Esse processo faz com que as conchas dos moluscos abram. Passado os 20 minutos, retire-os das conchas e reserve. Pode ser que alguns moluscos não tenham suas conchas abertas, neste caso, descarte-os.

Aqueça o azeite de dendê e coloque a cebola picada para dourar. Quando ela ficar translúcida, acrescente o alho amassado, o pimentão e o tomate picados. Refogue por 10 minutos.

Acrescente o feijão e misture bem bem. Despeje a garrafinha de leite de coco e adicione o peixe, as lulas em rodelas, os mariscos, o camarão e o mexilhões. Misture bem e deixe cozinhar no molho por 10 a 15 minutos, mas prestando atenção para o peixe não se desfazer. Desligue o fogo e salpique cheiro-verde a gosto. Sirva ainda quentinha!

Feijoada de bacalhau à moda do Videira

Com origem no Norte de Portugal, a ‘Feijoada Portuguesa’ tem algumas versões, como à Transmontana e à Poveira.

Ingredientes:
  • 2 pedaços de lombo de bacalhau de 400g

  • 1 e 1/2 xícara (chá) de feijão branco

  • 1 lingüiça calabresa

  • 2 batatas médias

  • 1 cenoura grande

  • 2 tomates maduros sem pele

  • 4 mandioquinhas médias

  • 6 dentes de alho

  • 1 cebola média

  • 2 ovos

  • 4 folhas de couve

  • 3 folhas de louro

  • Azeite extra virgem a gosto

  • Cheiro verde à gosto

  • Pimenta do reino à gosto

  • Vinagre à gosto

Modo de Preparo
Receita do chef Valdir Nunes

Coloque o feijão branco para cozinhar em uma panela, em seguida descasque a batata, tomate, cenoura e a mandioquinha, corte em pedaços grandes acrescente junto ao feijão branco quando estiver ao dente, deixe cozinhar 10 minutos. Em uma frigideira com um fio de azeite refogue o alho, cebola e a linguiça calabresa em rodelas. Coloque no feijão, acrescente folhas de louro, pimenta a gosto e os pedaços de bacalhau cortados em cubos sem espinhos, deixe em fogo baixo por 10 minutos. Em outra panela coloque um pouco de água para ferver com uma pitada de sal, mergulhe a couve por 1 minuto somente para ficar macia. Reserve. Em uma frigideira com um pouco de água deixe ferver, acrescente um pouco de vinagre e ovos sem casca com se fossem fritar, o ponto deve ser quando a clara estive cozida e a gema mole, esse é o ponto do ovo pochê. Reserve. Sirva em uma tigela, finalize com a couve na volta e os ovos no centro.

Feijoada brasileira completa

A tradicional feijoada brasileira é um prato que exige tempo para ser preparado e consumido. Além do feijão preto, a receita completa leva costela suína, lombo suíno, orelha, rabo, pé, focinho, carne bovina seca, bacon, linguiça calabresa, paio, cebola, alho…

Isso sem contar acompanhamentos como a laranja, a farofa, o caldinho (que deve ser apimentado), o arroz branco, os torresmos crocantes servidos de entrada e a batida de cachaça com limão para abrir o apetite. Um acontecimento!

Ingredientes:

FEIJOADA:

  • 400 g de carne seca

  • 400 g de costela de porco defumada

  • 1 pé de porco salgado

  • 2 rabinhos de porco salgado

  • 200 g de orelha de porco salgada

  • 300 g de lombo de porco salgado

  • 2 paios

  • 250 g de lingüiça de porco grossa

  • 200 g de língua de boi defumada

  • 100 g de bacon

  • 1 kg e 1/2 de feijão preto de boa qualidade

  • 6 folhas de louro

  • 400 g de cebola bem picadinha

  • 200 g de alho picado

  • 1 xícara de óleo

  • 12 laranjas bahia ou seleta

  • 12 doses de aguardente (para o caldinho)

COUVE À MINEIRA (PARA 4 PESSOAS):

  • 2 molhos de couve

  • 10 dentes de alho

  • 150 g de toucinho defumado picado em cubinhos

  • 1 colher de sopa de óleo

  • Sal

FAROFA DE OVO (PARA 4 PESSOAS):

  • 3 xícaras de farinha de mandioca tostadinha

  • 3 ovos

  • 1 colher de sopa de manteiga

  • 1 cebola pequena

  • 1 colher de sopa bem cheia de salsa crespa picadinha

  • Sal e pimenta a gosto

  • FEIJOADA COMPLETA:

    1. Limpe bem as carnes salgadas, tirando o excesso de gorduras e nervuras, limpando os pelos, e colocando-as de molho em água por 24 horas.

    2. Troque a água três a quatro vezes durante este período.

    3. Escolha e lave o feijão, e coloque de molho por pelo menos 6 horas.

    4. Após o molho, ferva as carnes salgadas em peças inteiras, durante mais ou menos 20 minutos, em fogo forte, jogando a água fora, a fim de retirar o excesso de gordura.

    5. Ferva o pé e os rabinhos separadamente, colocando o limão, cortado em quatro, na água da fervura.

    6. Coloque o feijão para cozinhar, junto com as folhas de louro e duas laranjas, com casca, cortadas em metades.

    7. Quando começar a ferver, vá acrescentando as carnes na seguinte ordem: carne seca, pé e orelha.

    8. Meia hora depois coloque a língua, os rabinhos e a costela, e após meia hora, coloque o lombo, a linguiça, o paio e o bacon, cuidando para tirar e jogar fora, durante todo o cozimento, a gordura que for subindo à superfície.

    9. Vá acrescentando água quente sempre que necessário, tendo o cuidado de manter as carnes sempre cobertas pelo caldo.

    10. Quando os grãos estiverem macios, retire as metades das laranjas.

    11. Doure bem a cebola e o alho em uma xícara de óleo previamente aquecido em uma frigideira e coloque na panela do cozimento.

    12. Após duas horas comece a testar o grau de cozimento da carnes com o garfo, pois nem todas chegam ao grau de maciez ao mesmo tempo, retirando e reservando as que já estiverem no ponto.

    13. Prove o sal e torne a escumar para tirar qualquer excesso de gordura.

    14. Retire duas conchas cheias de grãos e amasse com o garfo até obter uma pasta.

    15. Misture com a feijoada e abaixe o fogo.

    16. Quando todas as carnes e o feijão estiverem no ponto, retire e corte as carnes em pedaços pequenos para servir, voltando para a panela com o feijão e cozinhando por mais 10 a 15 minutos em fogo brando.

    17. Descasque as laranjas restantes, retirando todas as peles e sementes e corte em pedaços não muito grandes e coloque na geladeira até o momento de servir.

    18. Prepare um arroz branco, a couve e a farofa.

    19. Faça um caldinho usando 12 doses de aguardente e 6 conchas do caldo coado da feijoada, meio ralo.

    20. Sirva todas as carnes cortadas em pedaços regulares numa travessa grande e o feijão numa terrina funda, com tampa.

    21. Os demais acompanhamentos são distribuídos por travessas e o caldinho deve ser servido como aperitivo, uma meia hora antes da feijoada ir à mesa.

    COUVE À MINEIRA:

    1. Limpe a couve, suprimindo os talos e a nervura central.

    2. Corte bem fininha dentro de uma tigela de água fria com sal.

    3. Frite o toucinho no óleo até obter torresmos.

    4. Retire e escorra em papel absorvente.

    5. Doure o alho picadinho em 2 colheres de sopa da fritura dos torresmos.

    6. Misture com a couve escorrida e seca sobre um guardanapo.

    7. Refogue em fogo forte, soltando com o garfo, para que fique verdinha e toda a água evapore.

    8. Arrume numa travessa e salpique com os torresmos.

    FAROFA DE OVO:

    1. Bata os ovos como para omelete com 2 colheres de sopa de água fria e tempre com sal e pimenta a gosto.

    2. Esquente a manteiga, doure a cebola batidinha e misture com os ovos, batendo com o garfo.

    3. Quando os ovos começarem a coagular, acrescente a farinha e misture bem.

    4. Sirva mais seca ou úmida, conforme o gosto.

    5. Por último, acrescente a salsinha.

E para quem não come carne temos uma receita magrinha: aprenda a fazer uma feijoada vegetariana deliciosa

Feijoada Vegetariana

 

Se você está de dieta, não precisa mais passar vontade! Dá pra comer uma feijoada das boas sem sair da linha. Quer saber como? Seguindo a receita a seguir

Sabia que você não precisa sair da dieta pra desfrutar de uma deliciosa & saborosa feijoada? O segredo é substituir os ingredientes gordinhos, como as diversas carnes de porco, por legumes e temperos leves. O feijão preto continua lá e dá até pra apostar numa carne de soja pra dar aquele tchãn. A dica é do pessoal do Lapinha Spa e a gente garante que dá pra apostar sem medo!

Ingredientes

1 xícara de feijão-azuqui
3 xícaras de chá de água
½ xícara de chá de nabo cortado em cubos
1 cenoura média cortada em cubos
½ xícara de chá de alho-poró cortado em rodelas
1 colher de chá de alho socado
1 cebola média picada
2 colheres de sopa de óleo de girassol
1 colher de sobremesa de sal marinho
2 colheres de sopa de tomilho
Pimenta biquinho para enfeitar
2 colheres de sopa de tofu cortado em cubos para enfeitar

Modo de preparo

Cozinhe o feijão-azuqui na água por 25 minutos. Acrescente o nabo, a cenoura e o alho-poró e deixar cozinhar por mais 10 minutos. Em outra panela, refogue o alho e a cebola no óleo, junte ao feijão-azuqui e cozinhe por 5 minutos ou até que os legumes estejam macios. Depois de cozida a feijoada, adicione o sal e o tomilho. Pra finalizar, decore com a pimenta biquinho e o tofu.

Deixe um comentário

Por favor digite o seu comentário
Por favor digite seu nome