Sergio Garloppa – Produtor Artístico Cultural – Carioca, torcedor do Bangu, atualmente  Morador de Volta Redonda -RJ. Trabalhou e produziu show de diversos artistas da MPB entre eles  Baby do Brasil, Novos Baianos, Moraes Moreira, Elimar Santos, Paulinho Moska, Ivan Lins, Maria Gadu, Zeca Baleiro, Gonzaguinha, Vando, Charlie Brow Junior, Cazuza, e Luiz Melodia. Participou como produtor em 03 Rock in Rio e diversos shows internacionais.

08

PAPO DE SOM

 

MUTANTES

Existem bandas que ficam na história da música, seja pela grande qualidade, ou pela revolução e influência que causaram. Podemos citar Beatles, Ramones, Black Sabbath, Sex Pistols, entre outras. No Brasil, em 1966 OS MUTANTES entravam em cena.
Mutantes: essa banda que há cinquenta anos dava seus primeiros passos e ajudava a transformar os rumos da música nacional e internacional. Três jovens aparentemente inocentes, mas brilhantemente transgressores, e agressivamente criativos!
Com um visual diferente e um pouco teatral o grupo tinha forte influência do Tropicalismo e o Rock And Roll. Foram inovadores no uso da distorção no Brasil, e um dos grupos de mais sucesso no exterior.
Mutantes e Seus Cometas no País do Baurets é o quinto álbum da banda brasileira Os Mutantes, lançado em 1972. Foi o último disco gravado pela formação clássica da banda. Bauret era a gíria usada por Tim Maia para designar um cigarro de maconha. A capa foi criada pelo artista Alain Voss.

“Os Mutantes E Seus Cometas No País Dos Baurets” lançado em 1972, foi um dos primeiros discos brasileiros produzidos em um estúdio de 16 canais, eles aproveitaram bem a vantagem. Com forte influência do progressivo, o disco reinventou o conceito de rock no país. Com pesadas linhas de baixo, vocais em coral e guitarras estonteantes, o álbum é de qualidade surpreendente.
Este disco é o último com RITA LEE, que deixou o grupo alegando diferenças musicais com o grupo. Vale lembrar que Rita era casada com ARNALDO BAPTISTA, os quais se divorciaram após o lançamento do disco de 1972, um possível motivo para o desligamento.
O grupo contava com uma série de músicos muito importantes para nossa música, como por exemplo Liminha, que viria a ser um dos maiores produtores do Brasil, que produziu inclusive o clássico dos TITAS, “Cabeça Dinossauro”. ARNALDO BATISTA, que lançou discos solos geniais como por exemplo “Lóki?”. SÉRGIO DIAS que ainda dá continuidade ao grupo. E não esquecendo da rainha do rock nacional, RITA LEE.
Um Disco com influências que vão de EMERSON, LAKE & PALMER à CREAM que você não pode deixar de conferir.

Faixas:
1- Posso Perder Minha Mulher, Minha Mãe, Desde Que Eu Tenha Meu Rock And Roll
2- Vida De Cachorro
3- Dune Duggy
4- Cantor de Mambo
5- Todo Mundo Pastou
6- Balada Do Louco
7- A Hora E A Vez Do Cabelo Nascer
8- Rua Augusta
9- Os Mutantes E Seus Cometas No País Dos Baurets
10- Todo Mundo Pastou II
O Som Do Vinil – Mutantes E Seus Cometas No País Dos Baurets Parte 01 E 02

Mutantes E Seus Cometas No País Dos Baurets- 1972- Mutantes (Completo)

 

 

 

 

1 Comentário

Deixe um comentário

Por favor digite o seu comentário
Por favor digite seu nome