séries retrô para assistir na Netflix

Podemos vivenciar mais sobre momentos históricos e aprender mais sobre cada década nos divertindo.Sabemos que a temática retrô está super em alta.  Para que você possa viajar no tempo com essas produções, selecionamos séries atuais, mas que são ambientadas em década passadas e que estão disponíveis na Netflix. Confira:

Mad Men

Premiada série de TV americana criada por Matthew Weiner, esteve no ar de 2007 a 2015.
Seu palco é a fictícia agência de publicidade agência de publicidade Sterling Cooper, localizada na Madison Avenue, em Nova York dos anos 60. Traz Don Draper (Jon Hamm), diretor de criação da Sterling Cooper, como personagem central, bem como as pessoas que fazem parte de seu círculo social. A trama foca na parte profissional das agências de publicidade e as vidas pessoais das personagens que trabalhavam nelas, à luz das mudanças sociais ocorridas nos Estados Unidos da época.

Mad Men foi amplamente elogiada, especialmente por sua autenticidade histórica, estilo visual, figurino, atuações, roteiro e direção de reconhecida qualidade, tendo conquistado diversos prêmios, incluindo quinze Emmys e quatro Globos de Ouro. Por aqui no Brasil, a série foi transmitida em rede aberta na TV Cultura e em rede fechada pelo canal HBO e hoje está disponível nos serviços de Streaming Netflix, HBO GO e Net Now.

As Telefonistas

As Telefonistas é uma série de Drama, Histórico de 50min com duração com direção de Gema R. Neira, Ramón Campos, Teresa Fernández-Valdés e estrelado por Blanca Suárez, Yon González, Maggie Civantos e Nadia de Santiago.

Um drama histórico muito inteligente e bem escrito que mostra valores como igualdade, sororidade e luta de classes em uma Espanha antes do golpe militar e guerra civil. Partindo da história de diferentes mulheres com ambições e condições variadas, é feito um contexto histórico bem desenhado de uma época conturbada e repleta de mudanças.

SinopseEm 1929, quatro mulheres vêm de diferentes partes da Espanha para trabalhar como “garotas do cabo” (operadoras de telefonia) em uma empresa em Madri que vai revolucionar o mundo das telecomunicações. No único lugar que representa progresso e modernidade para as mulheres da época, elas aprendem a lidar com inveja e traição, enquanto embarcam em uma jornada em busca do sucesso.

Narcos

Essa série original Netflix de 2015, conta na visão dos policiais do DEA a ascensão e declínio do maior traficante de drogas da década de 80, Pablo Escobar. Em suas duas temporadas, é possível acompanhar o início de sua carreira no crime, seus feitos em Medellín (Colômbia), a guerra e o terror que seu cartel causou no país e muitas peculiaridades da vida de Pablo. Uma série em que é impossível passar tranquilamente na vida de quem a acompanha, pois é regada a situações imorais e fora dos padrões da normalidade. Altamente viciante e envolvente com um enredo claro e fluido, além de uma ótima aula de história – e do que não fazer.

Better Call Saul

Um pouco mais próximo ao passado, o spin-off dos aclamados Vince Gilligan e Peter Gould que conta a história por trás da história de Jammes McGill, o Jimmy, que também é conhecido como Saul, para os que acompanharam a mais bem premiada série da atualidade, Breaking Bad. Em suas duas temporadas, o enredo trás o início da carreira de Jimmy como advogado no início dos anos 2000, seus desvios de caráter e seus métodos não muito corretos de ascensão, e os conflitos com seu irmão e companheiros de profissão.

Para quem acompanhou Breaking Bad a série é considerada uma “parada obrigatória”, porém, quem nunca a assistiu pode aproveitar sem medo, pois não há spoillers, apenas algumas poucas referências que não fazem perder em nada o interesse pela obra de sua inspiração.

Stranger Things

Dificilmente você nunca ouviu falar sobre uma das séries que movimentou as redes sociais esse ano. Stranger Things se passa na década de 80 e aborda o dia a dia das famílias da época com um plus de terror e suspense em torno do mundo invertido baseado em jogos de RPG. Com terror, romance, aventura e conspirações, Stranger Things é um ótimo título para quem quer uma série envolvente e rápida, pois há uma temporada com oito episódios apenas.

 

The Get Down

É um drama musical de 2016, criado por Baz Luhrmann, que mistura disco, punk e hip-hop para contar a história de um grupo de adolescentes em Nova York do fim dos anos 1970. Uma série muito indicada aos amantes do hip-hop, pois trás em sua trama diversas referências do início do movimento nos Estados Unidos. Mais uma produção original Netflix para ninguém botar defeito e ficar grudado na telinha.

 

Rebellion

A minissérie irlandesa produzida pelo canal RTÉ1 teve apenas 1 temporada com 5 episódios. Para os apaixonados por história, a trama narra a Revolta da Páscoa, conflito que aconteceu na região durante a Semana Santa no ano de 1916. Nessa época, republicamos irlandeses queria independência do Reino Unido. A luta é um dos marcos históricos do país.

 

Os Mistérios de Miss Fishers

A série criminal australiana estreou na TV em 2012 pelo canal ABC1. Considerada uma série feminista, a trama que se passa nos anos 20, mostra o o período em que as mulheres passaram a ter maior envolvimento social, já que muitos homens morreram na primeira guerra. A grande representante dessa mudança social é a personagem Phryne Fisher, uma mulher moderna e independente que investiga os crimes e mistérios da cidade de Melborne.

 

Star Trek: The Original Series

Clássico da ficção científica, as três temporadas originais estão disponíveis na Netflix, sem falar de todas as outras séries que vieram depois, incluindo a mais recente e ainda em exibição Star Trek: Discovery. Lançada em 1966, a série acompanha a tripulação da aeronave Enterprise na exploração da galáxia e na defesa da Federação Unida dos Planetas, mote que se repete nas sequências.

That 70 Shows

O que existe de tão fascinante em viver o dia de hoje? Para Eric Forman, sua namorada Donna e seus amigos Jackie, Kelso, Steve e Fez, tudo é importante, desde que seus pais não estejam presentes para atrapalhar. Esse grupo vive nos anos 70, nos quais a música das discotecas, a calça boca-de-sino, as roupas coloridas e o sexo sem culpa faz parte da rotina deles. Mas Eric ainda tem de enfrentar o mau humor constante do pai, Red; os dengos da mãe, Kitty; e as amolações da irmã mais velha, Laurie. \nIsso sem contar com os pais atrapalhados de Donna, Midge e Bob.Aliás, o único adulto que parece entender esses jovens é Leo, o chefe hippie de Steve, que vive em suas “viagens”. Com toda essa gente, os anos 70 nunca mais serão os mesmos.

mostra acontecimentos dos anos 70, como feminismo, atitudes sexuais, conflitos de gerações, as dificuldades econômicas dos anos 70, a recessão e o uso de drogas.

A história se passa entre 17 de maio de 1976 e 31 de dezembro de 1979, e relata o dia-a-dia de um grupo de adolescentes (Eric, Donna, Kelso, Jackie, Steven e Fez) na faixa dos 17 anos. Sem ter muito o que fazer, sua rotina se resume a se reunir no porão da casa de Eric para papear, fazer festas, planejar algo, e namorar. O programa durou oito temporadas, e 200 episódios,

 

Gilmore Girls

Gilmore Girls ainda está entre as séries mais populares da atualidade, talvez por conta do remake da Netflix lançado em 2016. De qualquer forma, o drama que conta a história de três gerações de mulheres da família Gilmore foi um marco importante na televisão e, ao longo de sete temporadas de sucesso, debateu em profundidade diversos tipos de relações interpessoais, seja entre mãe e filha, namorada e namorado ou duas amigas.

Outland

Neste drama, a inglesa Claire Randall é uma enfermeira do exército britânico, recém saída da Segunda Guerra Mundial em 1945.

Em uma viagem ao interior da Escócia, com seu marido Frank Randall, para uma tentativa de reaproximação após anos separados pela guerra, ela é transportada misteriosamente através de um círculo de pedras para o ano de 1743, época das revoltas do país contra o domínio inglês e dos levantes jacobitas.

Presa em 200 anos antes do seu tempo, ela conhece o jovem guerreiro e romântico escocês Jamie Fraser, com quem divide seu coração e enfrenta vários e complexos obstáculos morais e físicos, que desafiam todos os aspectos do seu relacionamento.

A série é baseada na obra de livros da autora Diana Gabaldon, e está na sua 4ª temporada

Anne Whith An Enne E

Baseado no livro “Anne of Green Gables” de 1908, da escritora canadense Lucy Maud Montgomery, a série conta a história de Anne Shirley, uma órfã que depois de ter passado pelas piores humilhações e dificuldades na vida, é adotada por engano por um casal de irmãos solteiros e idosos, que na verdade queriam um menino para ajudar nas atividades da fazenda.

Ao longo da vida Anne desenvolveu uma ferramenta de escape para seus sofrimentos: a imaginação. E é com ela e seu jeito cativante, que Anne acaba conquistando e mudando a vida da sua família adotiva e da cidade que lhe abrigou.

Apesar dos momentos fantasiosos e das situações engraçadas geradas por uma menina de imaginação fértil e personalidade extravagante, Anne with an E é um drama que retrata a história de abandono e carência afetiva. A série aborda também vários temas atuais como feminismo, racismo e bullying, todos esses temas perpassam de alguma forma na trajetória de Anne.

É uma série para se apaixonar e emocionar.

 

Peaky Blinders –  Sangue ,Aposta e Navalhas

Uísque escocês ou irlandês? Tanto faz pois com a família Shelby o que importa mesmo é a sede de poder. Uma das séries mais bem avaliadas pela mídia e com certeza uma das mais queridinhas da BBC Two. “Peaky Blinders“, que deriva de uma prática antiga dos membros de gangues que escondiam navalhas em seus chapéus, é uma série drama e ficção histórica que conta com quatro temporadas e vinte e quatro episódios até então.

A série, que começou em Setembro de 2013, conquistou o coração de muitas pessoas por mostrar a “Terra da Rainha” de uma maneira que antes as telas não conheciam. A família gângster, que domina o coração de Birmingham, Inglaterra, é notoriamente conhecida pelos seus esquemas ilegais de apostas em corridas de cavalos. Com um roteiro muito bem feito, cada cena cativa os telespectadores, seja pela frieza do protagonista, Thomas Shelby ou pelo cenário que é fielmente correspondente à época (circa 1919).

O verdadeiro significado de “Ambição” pode ser visto em cada ação dos membros da gangue, que, até o dado momento é composto de catorze pessoas. Desde treinadores de cavalos à matadores sanguinários. Os irmãos Shelby (Thomas, Arthur, John, Ada e Finn) são unidos e (na maioria das vezes) apoiam as decisões conjuntas que Thomas, o líder; toma em prol do bem estar de todos (e também por sua sede de poder). Passando, assim, a não apenas manipular corridas de cavalos, mas sim contrabandear bebidas e, logo, automóveis.

Uma história cheia de suspense, romance, corações partidos e reviravoltas que vai fazer você torcer para os vilões ao invés dos mocinhos. Mas, infelizmente, a trilha sonora deixa muito a desejar, quebrando um pouco o padrão de “fidelidade à época” que citei anteriormente. Porém, nada que deixe a narrativa lenta ou perca a emoção nessa trama bem dirigida por Otto Bathrust, Tom Harper, Colm McCarthy, David Caffrey e Steven Knight.

Deixe um comentário

Por favor digite o seu comentário
Por favor digite seu nome