TODO MUNDO É BREGA?

No ano de 2003, quando eu era secretário de cultura da Prefeitura da cidade de Volta Redonda realizei um show no térreo do memorial Getúlio Vargas, com o nome “TODO MUNDO É BREGA”?, só com músicas consideradas bregas cantadas por vários artistas da região(Sidney, Ailton e Adriano, Eliton e André, Jorge íris, Julinho Marassi e Gutember, Soninha , Banda do Guerra, etc.) e tendo como convidado especial o cantor Falcão.

Durante o evento uma conhecida comentou:

 Gente eu não sabia que eu era tão brega, sei cantar quase todas as músicas”.

Isso mesmo!

A verdade é que todo mundo tem um lado brega. Por isso resolvi fazer essa matéria, TODO MUNDO É BREGA?

Vamos mostra alguns objetos que muita gente usavam e usam, queremos saber quem nunca usou durante a vida:

POCHETE

ALÇA DE SILICONE.

Se ninguém avisar, impossível saber que existe uma alça de sutiã aí. Bom, pelo menos era isso o que pensavam (e esperavam) as mulheres quando a moda foi lançada,

ALL STAR COM SALTO

ANEL DE COCO

– BOLSA COM ANEL DE LATINHA

COLAR E PULSEIRA DE CUBINHOS

– PIERCING NO DENTE

A questão aqui não é usar piercing, você pode colocar em qualquer parte do corpo, seja no nariz, lábios, sobrancelhas, orelhas, etc., mas não há necessidade alguma que seja no dente. Além do que, dá uma aparência de sujeira.

– FLORES E FRUTAS DE PLÁSTICO

PULSEIRA DE BOLINHA

PULSEIRA DE BORRACHA

Cada cor representava uma causa, como o combate ao câncer, abuso infantil ou proteção ambiental.

PULSEIRA POWER BALANCE

Prometia melhorar força, equilíbrio e flexibilidade.

– RELÓGIO QUE TROCA PULSEIRA

Como resistir a um acessório que pode virar cinco?

TATUAGEM DE HENNA

Malditos vendedores ambulantes na praia.

TERERÊ

Mais uma vez, a feirinha da praia acabando com a dignidade fashion das pessoas.

“XUQUINHA” PAKALOLO

Quem não queria ser uma Paquita e fazer um rabo-de-cavalo bem no topo cabeça com “xuquinhas” da Pakalolo?

– CINTO COM FIVELAS DE COWBOY

– ABADÁ NA NOITE

– BONÉ PARA TRÁS

– CAMISAS ESTAMPADAS

– CROCS

– CAMISETA CAVADA DE ACADEMIA

– TÊNIS DE CINCO DEDOS

– PRESILHA DE CELULAR

– GOLA V MUITO GRANDE

– O ANEL COM RELÓGIO

BANDANA 

BICO DE PATO

BOLSA DE CROCHÊ

CHINELOS RIDER.

 

– ÓCULOS COM LENTE COLORIDA

 – PULSEIRAS DE MIÇANGAS

E ai! já usou algumas coisas ou usa ainda, não tenha vergonha “TODO MUNDO TEM UM LADO BREGA”

 Como a música brega fala muito de amor, desilusões e brigas. Todo mundo se identifica com esses temas.

Agora para relaxar, vamos assistir e ouvir alguns vídeos que foi sucesso e ainda é para muita gente, bom aproveito.

Nem adianta negar, pois a gente sabe que ouvir música brega é tudo de bom! 

Garçom — Reginaldo Rossi 
Quem merece abrir a nossa seleção de músicas bregas é ele: o incrível Reginaldo Rossi com seu clássico Garçom. Lançada em 1987, a canção caiu na graça do povo em 1998, com o lançamento do álbum Reginaldo Rossi – Ao Vivo.

O Amor e o Poder — Rosana 
Como uma deusa, você me mantém…
Nos anos 80, quase todas as casas tinham que tocar Rosana aos sábados, senão alguma coisa estava errada.
O Amor e o Poder embalou churrascos, momentos de bad e virou trilha de novela. A música ficou diversas semanas no topo das paradas e faz parte do disco Coração Selvagem.

Escrito Nas Estrelas — Tetê Espíndola
Outra música brega cláaaassica e que arrasa nos videokês da vida. Escrito Nas Estrelas venceu o Festival dos Festivais, da Rede Globo, e desde então é conhecida por ser esse ícone entre as músicas bregas mais tocadas.

O Meu Sangue Ferve Por Você  — Sidney Magal 
Toda festa temática dos anos 80 que se preze tem que tocar Sidney Magal. Considerado um dos ícones do estilo brega, Magal embalou multidões com as músicas Meu Sangue Ferve Por VocêSandra Rosa Madalena, Me Chama Que Eu Vou, entre tantas outras. 

Eu Não Sou Cachorro Não — Waldick Soriano
Ah, Waldick Soriano! Ele traduziu como ninguém a alma humana com o refrão eu não sou cachorro, não, pra viver tão humilhado…
A cançãoEu Não Sou Cachorro Não foi um de seus grandes sucessos,  ao lado de Torturas de Amor.

Princesa — Amado Batista
Pensou que a gente ia esquecer dele, né? Jamais! Amado Batista continua firme e hoje tem mais de 43 anos de estrada. Princesa é uma ótima lembrança pra gente colocar o som bem alto e cantar junto com o grande Amado.

Fogo e Paixão — Wando 
O mineiro Wando tinha um apelido peculiar: obsceno. O título foi concedido graças à coleção de calcinhas das fãs que ele tinha. Sua carreira foi bastante representativa, com quase 30 álbuns lançados.
Para a lista, escolhermos Fogo e Paixão.

Borbulhas de Amor — Fagner 
Tenho um coração dividido entre a esperança e a razão
Oh, Fagner, a gente te entende! Borbulhas de Amor foi a primeira música de trabalho do álbum Pedras Que Cantam, lançado em 1991.

Eu Vou Tirar Você Desse Lugar — Odair José
A carreira de Odair José passeou pelas músicas bregas, pegou uma carona na MPB e no rock.
Eu Vou Tirar Você Desse Lugar foi gravada em 1972 e fez o cantor estourar. Odair continua fazendo shows pelo Brasil e seu mais recente trabalho foi Gatos e Ratos, lançado em 2016.

Torturas de Amor — Waldick Soriano
Mais uma do mestre Waldick Soriano! Afinal, é pra relembrar músicas bregas de sucesso, não é mesmo? Pois bem! Torturas de Amor é outra ótima lembrança de um dos cantores mais bregueiros de todos os tempos!

Índia — Paulo Sérgio
A canção Índia se tornou uma das mais tocadas nas rádios nos anos 70, e mais tarde, o rei Roberto Carlos também deu uma nova roupagem com a sua voz. Sem dúvida, uma bela composição!

Uma Vida Só (Pare de Tomar a Pílula) — Odair José 
Odair José merece ou não merece contar com mais uma na nossa seleção de músicas bregas antigas? Claro que sim, e é por isso que agora a escolhida é a música Uma Vida Só.

Aguenta Coração — José Augusto
Ah, pensou que íamos esquecer do querido José Augusto, né? Mas a gente não brinca em serviço, não! Aguenta Coração foi lançada nos anos 90 e entrou como tema da novela global Barriga de Aluguel.

Sandra Rosa Madalena — Sidney Magal  
E fechando essa seleção incrível, ela, a inigualável Sandra Rosa Madalena, a música que levanta qualquer festa entediante e faz todo mundo se abraçar e cantar junto no rolê.

Te Amo, Que Mais Posso Dizer? (Sem Você Não Viverei) — Ovelha
Se o crush reclamar, canta pra ele: Te Amo, Que Mais Posso Dizer?mais um grande hit do brega nacional. Aliás, o cantor Ovelha foi descoberto por Luiz Gonzaga e nunca mais parou de emplacar seus sucessos.

The Originals – Mar de Rosas, Vem Me Ajudar e Menina Linda

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Por favor digite o seu comentário
Por favor digite seu nome